Tag: musculação

Musculação: Equilíbrio, autonomia de movimentos e flexibilidade.

Sempre se denominou e comparou a musculação como prática de exercícios com pesos. Mas trata-se de atividade que felizmente tem derrubado vários paradigmas, devido à rápida resposta corporal com a realização de um treino contínuo.

Ao falar de musculação, imediatamente se associava à ideia de uma atividade que estava restrita aos mais jovens e com o desenvolvimento de grandes músculos. Além disso, este modelo de exercício era visto com desconfiança pela classe médica, a ponto de recomendarem outras atividades que poderiam fugir ao objetivo do aluno. Uma indicação indevida que traz como resultado o desânimo e abandono da prática de atividade física.

Cada indivíduo, independente da faixa etária ou deficiência pode ser conduzido à prática desta atividade, desde que esteja de acordo com seu propósito de desenvolvimento e com a supervisão de um profissional de educação física habilitado, que fará as orientações e instruções pedagógicas para prática dos exercícios.

A ação da gravidade afeta diretamente nos movimentos e esta prática indevida no cotidiano pode trazer efeitos colaterais severos. Com o treinamento da musculação é possível melhorar ações do cotidiano, como o sentar, levantar, equilibrar-se e até mesmo o levantamento de objetos leves. Para isso é possível utilizar de forma progressiva o peso do próprio corpo, pesos livres e até as máquinas.

Exercícios com peso para o idoso desacelera a perda muscular e óssea, pois o fortalecimento da musculatura auxilia na prevenção de fraturas ósseas e comprovadamente diminui a incidência de quedas.

Fortalecimento muscular para o idoso é uma necessidade, desde que não associando a musculação ao aumento do volume muscular. Neste caso não se pode ter como meta, ser um HULK. Deve-se relacionar a vivacidade. Aumento da força para criar e desenvolver uma autonomia básica para o indivíduo se sentir bem, melhorando a qualidade de vida no seu dia a dia.